MEMBROS INFERIORES

KAFO - UNILATERAL COM TRAVA SUÍCA


Para deambulação e ortostatismo em pacientes com, paralisia no ombro inferior D ou E, e paciente que não controlam o joelho. A articulação do joelho pode ser livres ou bloqueadas, travas em anel ou suíça.

ÓRTESE ESTABILIZADORA DE QUADRIL


Para limiar movimentos de flexo abdução do quadril após artroplasia ou artroscopia e nos casos de luxação pós-operatória de artroplastia.

TUTOR DE SARMIENTO PARA FÊMUR (UNILATERAL)


Fraturas altas diafisarias. Em caso de retardo da consolidação óssea. Após extração de osteosínteses.

SUSPENSÃO DE PAVLIK


Para o tratamento da luxação congênita do quadril do recém nascido até o 6° mês de idade. O correto ajuste nas tiras permite limitar os graus de movimento dos quadris, mantendo em flexão e abdução, permitindo movimentos do bebê.

ÓRTESE DE ABDUÇÃO DE QUADRIL


Também conhecida como Atlanta Brace. Utilizada para manter os membros inferiores em abdução do quadril, diminuindo a carga no quadril e, mantém as cabeças femurais centradas dentro dos acetábulos durante a deambulação, utilizada no tratamento de Legg - Perthes.

AFO - ÓRTESE CURTA ARTICULADA


Indicado para estabilização da medial e lateral, do tornozelo, permitindo o bloqueio da flexão plantar. Pode ser confeccionada, sem bloqueio, com bloqueio da flexão plantar e dorsal livre.

AFO - ÓRTESE CURTA ARTICULADA (COM CONTORNO)


Indicado para estabilização da medial e lateral do tornozelo, permitindo o bloqueio da flexão plantar. Pode ser confeccionada, sem bloqueio, com bloqueio da flexão plantar dorsal livre. Alta qualidade no desempenho da articulação, podendo modificar facilmente o grau de amplitude.

AFO - ÓRTESE CURTA ARTICULADA (COM CONTORNO)


Indicado para estabilização da medial e lateral do tornozelo, permitindo o bloqueio da flexão plantar. Pode ser confeccionada, sem bloqueio, com bloqueio da flexão plantar dorsal livre. Movimento limitado e/ou auxiliado com mola.

AFO - ÓRTESE CURTA DE REAÇÃO AO SOLO


Para pacientes com flexão exageradas dos joelhos, como pacientes com paralisia cerebral (chamada marcha agachada ou “CROUCH”). Permite a flexão plantar e bloqueia a flexão dorsal em 90 graus, impedindo o avanço anterior da tíbia na fase de apoio inicial do pé, forçando a extensão do joelho.

TUBOR CURTO


Fraqueza distal de membros inferiores que causem prejuízo da marcha ou que levem a deformidade como pé equino, pé calcâneo. Instabilidade dos tornozelos e pés. Lesões ligamentares de tornozelo. A articulação de tornozelo pode ser livre ou com diferentes graus de bloqueio.

Todos os Direitos Reservados por VALE PE

Desenhado e Administrado por • GuiaMais.comAVISO LEGAL • © Copyright 2013 by Publicar S.A.